Chamada extra para condomínio: quando e como fazer

Condomínio seguro

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

A chamada extra para condomínio é um dos assuntos condominiais mais sensíveis a serem tratados e responsável por um grande número de dúvidas e questionamentos por parte dos condôminos.  Uma das principais dificuldades dos síndicos e administradoras está em cobrar a chamada extra (ou taxa extra) dos proprietários. 

Afinal de contas, para que serve a chamada extra do condomínio? Quem deve pagar o valor cobrado? Quais são as ações que levam a necessidade de taxas extras? 

Todas essas perguntas vamos responder logo abaixo. Continue sua leitura! 

O que é uma chamada extra de condomínio e quando fazer? 

A chamada extra é uma taxa adicional, além do valor pago mensalmente para despesas do dia a dia, sugerida pelo condomínio para cobrir gastos que estão fora do planejamento orçamental. Geralmente a chamada extra é realizada para resolver questões de manutenção e conservação do condomínio, porém pode ser também utilizada para cobrir despesas ordinárias, como água e luz, entre outras. 

Quem paga a chamada extra? 

Essa é uma das principais dúvidas de proprietário e inquilinos, principalmente para quem aluga o imóvel e precisa justificar os gastos condominiais. 

Custos pagos pelos proprietários de imóveis: toda e qualquer melhoria realizada que agregue valor ao imóvel deverá ser custeada pelo dono do imóvel. Despesas como pintura de fachada, instalação de equipamentos de segurança e construção de áreas de lazer, são algumas delas. 

Despesas pagas pelos inquilinos: as melhorias rotineiras devem ser custeadas pelos inquilinos. Nos casos de despesas extras com manutenção interna, limpeza geral ou rateio para pagamento de funcionários ficam sob responsabilidade do morador atual do imóvel.  

Quando é definido o pagamento de chamada extra para condomínio? 

As taxas extras podem ser definidas em dois momentos, dependendo se for de caráter emergencial ou não. 

Casos emergenciais: O síndico precisa convocar uma assembleia emergencial onde colocará os condôminos a par dos fatos que levaram ao gasto extra, neste caso não é necessária aprovação prévia por parte dos moradores. 

Casos não emergenciais: O síndico deve convocar uma assembleia para discutir e aprovar as despesas da chamada extra. Se for aprovada, o rateio é feito entre todos de maneira prevista na convenção. 

Gostou deste material e quer continuar lendo sobre o assunto?  

Acesse nossos materiais ricos para condomínios. 

Mais para explorar