Importância de saber o quanto custa seu processo de vistoria imobiliária

Quanto custa o processo de vistoria imobiliária

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

A vistoria de imóvel não é uma fonte de receita para as imobiliárias, mas é uma parte importante do processo de locação. Este tipo de despesa muitas vezes passa despercebido, pois está em meio à conclusão de uma negociação. Porém, como qualquer despesa esta não pode ser desprezada. Quanto custa o seu processo de vistoria imobiliária?

Para imobiliárias que não possuem vistoriadores dedicados, onde a vistoria é feita pelo corretor de imóveis – por exemplo – fica difícil mensurar o custo das vistorias. Isso se deve pela falsa percepção que o fato de ter alguém na empresa que faz as vendas e no “tempo livre” faz as vistorias, não se gasta com as vistorias.

Corretores fazendo as vistorias

É fato que a imobiliária perde, e muito, quando o corretor faz as vistorias. Existem três grandes fatores que nos fazem acreditar que para a saúde financeira da imobiliária, corretores não devem vistoriar.

O primeiro motivo que os corretores não deveriam vistoriar: enquanto fazem a vistoria, não estão vendendo. Simples assim. O tempo empregado para fazer a vistoria rouba o tempo precioso do relacionamento com seus futuros clientes. Isso atrasa suas receitas e em alguns casos faz com que elas nunca cheguem pela perda do negócio. Tente mensurar o quanto isso custa.

Mas, aí o gestor de vendas pode afirmar que a vistoria não atrapalha. De qualquer maneira, os corretores possuem seus contatos atualizados, as negociações estão todas em dia. Com essa afirmação está esquecendo outra grande questão. Outro motivo para impedir que corretores façam as vistorias é que enquanto não estão vendendo, deveriam investir seu tempo no aumento da carteira de imóveis. Com mais imóveis na carteira sua empresa potencializa as receitas. É possível compreender que não aumentar receitas custa caro?

Prejuízo na prática

Exemplo prático da importância de captura de imóveis: digamos que o corretor demore quatro horas para fazer uma vistoria, mais quatro horas para finalizar toda a edição do relatório de vistoria. Resultado: uma vistoria custa oito horas. Em oito horas o corretor pode facilmente captar dois novos imóveis para a carteira.

Se sua imobiliária tem hoje 100 imóveis e faz 5 vistorias por mês, o corretor deixou de captar 10 imóveis novos. Fácil perceber como custa caro o processo de vistoria nessa imobiliária. Ela deixou de aumentar sua carteira de imóveis, seu potencial de receitas, em 10% apenas nesse mês do exemplo.

Qualidade

A qualidade da vistoria realizada por um corretor potencialmente é menor do que a vistoria realizada por um profissional dedicado. Esse é o terceiro motivo para não deixar as vistorias com os corretores. Mas, como essa qualidade reflete em custo?

Menos qualidade, menos detalhamento em uma vistoria vai dar brecha para desacordos na desocupação de um imóvel locado. É comum na saída do inquilino que tenhamos divergências no estado do imóvel, comparado à condição da entrada. Uma baixa qualidade de vistoria não vai esclarecer as condições e divergências, sendo difícil provar as situações e auferir as responsabilidades. Vai ficar a palavra do locatário, contra a palavra do locador e – algumas vezes – a imobiliária sem saber quem cobrar, acaba arcando com as despesas de reparos.

Esse tipo de situação é frequente para inúmeras empresas. Algumas imobiliárias possuem, inclusive, um centro de custo com uma despesa prevista para esse tipo de situação. Desta forma, precisam orçar esse prejuízo e este deve ser incorporado ao processo de vistoria.

Vistoriador dedicado

Um vistoriador dedicado a esta atividade é entendido como um custo mais claro para as imobiliárias. Quando perguntamos qual o custo, vem a resposta: o salário dele é “x”. Importante destacar que o custo para a empresa não é apenas o salário. Recordemos que existem os encargos, a estrutura de back office disponível, deslocamento entre as vistorias, entre vários outros custos.

Para compreender detalhadamente quais os custos devem ser calculados para ter o preço das vistorias em sua imobiliária, recomendamos este eBook aqui.

Com a visão de quanto custa o processo de vistoria imobiliária será possível refletir se este custo está de acordo ou acima do esperado. Com números evidentes ficará mais fácil motivar as mudanças, se necessárias.

Você já havia parado para pensar na importância dos custos do processo de vistoria? Por que não identificar tudo isso desde já entender se está perdendo dinheiro?

Mais para explorar

Ilustração de prédio em construção e engenheiros analisando o projeto de obra
Construtoras

Por que vistoriar imóveis em construção?

Você conhece a expressão “é melhor prevenir do que remediar”? Essa frase expressa uma ideia que pode ser aplicada a diferentes contextos, mas sempre em prol do mesmo objetivo: se proteger contra fenômeno

Parceria beiramar
Parcerias

Parceria de sucesso: Rede Vistorias x Beiramar

Ao longo dos seus cinco anos de existência, a Rede Vistorias consolidou sua atuação em cidades de todo Brasil, contando com o apoio de diversas empresas parceiras

Categorias

vistorias para imobiliárias

Imobiliárias

vistorias para construtoras

Construtoras

vistorias para condomínios

Condomínios

vistorias para você

Para Você

iconessite [Recuperado]-11

Novidades

iconessite [Recuperado]-09

Parceiros

iconessite [Recuperado]-10

Franquias